sábado 19 setembro, 2020
Home Ensaios The Last Kingdom e uma lição para nossos dias
BÍBLIA HOJE

The Last Kingdom e uma lição para nossos dias

A situação atípica que se vive este ano tem induzido muitas pessoas a se dedicarem à realização de atividades confinadas às suas casas, sendo uma delas assistir séries em várias plataformas digitais. Entre as ofertas está The Last Kingdom, uma das produções mais escolhidas pelos telespectadores. Dentro de seu enredo, apresenta semelhanças com a Bíblia e lembra o espectador de uma decisão importante.

The Last Kingdom e uma lição para nossos dias.

---------------

O Último Reino e uma lição para nossos dias

A produção audiovisual inglesa The Last Kingdom é considerada uma das séries mais assistidas ao longo de 2020. Analisada com cuidado, apresenta uma lição bíblica a ser considerada por todo crente hoje.

Sua fama cresceu tanto que muitos o consideram os “novos Games of Thrones”.

A ficção foi escrita pelo inglês Bernard Cornwell, que lhe dá um toque especial ao afirmar que um dos protagonistas faz parte de sua árvore genealógica.

O impacto e a aceitação que a série gerou podem ser reconhecidos pela observação da pontuação média de 93% na conhecida e respeitada avaliação do Rotten Tomatoes.

A série adquirida pela Netflix e originalmente conhecida como The Saxon Stories, apresenta um enredo que pode ser semelhante ao dos vikings, mas suas semelhanças não param por aí.

Detalhes de uma trama conhecida

The last kingdon se passa na Inglaterra real no Século IX DC. quando o território foi dividido em sete monarquias.

A saga segue os eventos relacionados às façanhas de Uhtred de Bebbanburg, senhor do Castelo de Bamburgh.

Uhtred é um homem criado por invasores e, com sentimentos divididos entre suas origens e aqueles que o criaram, ele vive com sua lealdade continuamente à prova.

Apesar de sua situação difícil, opta por lutar pelos seus direitos de nascimento, sendo essa decisão o ponto de partida que dará início à história.

À medida que os capítulos vão passando, sabe-se que a história persegue um objetivo último, a unificação da nação da Inglaterra. A saudade de um reino único com um único rei não desaparece.

Para o leitor da Bíblia, o enredo de O Último Reino tem uma semelhança com a história de Moisés e com uma profecia escrita pelo profeta Daniel.

Israel foi dominado pelo Egito (Êxodo 1). O futuro líder do povo escolhido de Deus começa sua vida de uma forma complicada para acabar vivendo e se educando na maior parte de seus primeiros anos com os egípcios, seus inimigos (Êxodo 2).

Pela fé Moisés, já adulto, desistiu de ser chamado de filho da filha de Faraó. Ele preferia ser maltratado com o povo de Deus do que desfrutar os prazeres passageiros do pecado." Hebreus 11:24, 25.

Os protagonistas de ambas as histórias vivenciam o mesmo dilema, eles devem escolher a quem servir. O apóstolo Paulo explica como o líder de Israel resolveu o mistério de sua vida.

O jovem hebreu decidiu ser fiel a Jeová e às suas crenças nas Escrituras. Apesar da influência recebida por seus antigos educadores e da pressão da liberdade na hora da escolha.

Um ultimo reino

"Nos dias desses reis, o Deus do céu estabelecerá um reino que nunca será destruído ou dado a outro povo, mas permanecerá para sempre e despedaçará todos esses reinos." Daniel 2:44.

Sob inspiração divina, o profeta Daniel escreve os eventos que ocorrerão no fim do mundo.

Bem como o desejo dos homens e mulheres que viveram no século IX DC. Antes da fundação da Inglaterra, a Bíblia apresenta um único rei que triunfará e será eterno.

Após a sucessão histórica de nações que é lida em Daniel 2 e 7, sabe-se que a rocha que virá do céu cortada “não à mão”. Este é um símbolo de Jesus e do reino dos céus (Mateus 24:30, Efésios 2: 20,21, 1 Pedro 2: 4-8).

"Em seu manto e em sua coxa ele tem este nome escrito: Rei dos reis e Senhor dos senhores." Apocalipse 19:16.

A Palavra de Deus expressa que o único soberano é Jesus Cristo.

"Meu reino não é deste mundo", respondeu Jesus. Se fosse, meus próprios guardas lutariam para impedir os judeus de me prenderem. Mas meu reino não é deste mundo." João 18:36.

João registra as palavras de Cristo mencionando que seu governo não é deste mundo.

"Em vez disso, somos cidadãos do céu, de onde ansiamos receber o Salvador, o Senhor Jesus Cristo." Filipenses 3:20.

De acordo com as palavras de Jesus e o que foi escrito por Daniel, Paulo menciona que os crentes no Filho de Deus têm sua cidadania no céu. Não na terra.

Espectador estrelado

Assim como Uhtred e Moisés tiveram uma infância difícil, a humanidade vem a este mundo condenada por causa do pecado.

"Quem crê nele não é condenado, mas quem não crê já está condenado por não ter crido no nome do unigênito Filho de Deus." João 3:18.

Como a criança hebraica e o jovem inglês, o ser humano nasce e cresce em um mundo para o qual não foi criado. Ele sofre de influências contrárias às de seu Criador e deve viver sob constante provação (1 Coríntios 4: 16-18, 1 Pedro 1: 5-9).

“O mundo acaba com os seus desejos malignos, mas aquele que faz a vontade de Deus permanece para sempre. Quem crê no Filho tem vida eterna; mas quem rejeita o Filho não saberá o que é essa vida. " 1 João 2:17, João 3:36.

De acordo com a Bíblia, cada pessoa pode escolher se conformar com seus “novos pais” e perecer. Ou seguir o plano divino e crer em Cristo, o criador, para ter um novo começo e ser habitante do único reino que não terá fim (Daniel 7:18).

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

A situação atípica que se vive este ano tem induzido muitas pessoas a se dedicarem à realização de atividades confinadas às suas casas, sendo uma delas assistir séries em várias plataformas digitais. Entre as ofertas está The Last Kingdom, uma das produções mais escolhidas pelos telespectadores. Dentro de seu enredo, apresenta semelhanças com a Bíblia e lembra o espectador de uma decisão importante.

- Advertisment -

más leídas

Como ser um especialista em fazer as pazes sem realmente querer isso

Para muitos, a notícia foi inesperada e até maluca. Para outros, simplesmente confirmou o que já havia sido previsto em meados de...

Muitas igrejas cristãs, mas qual é a verdadeira?

A oração unânime leva à unidade. "Eu não oro apenas por eles. Eu também oro por aqueles que acreditarão...

3 histórias de encontro com Yeshua

Stan Telchin foi um escritor judeu, orador público e missionário que morreu em 06/04/2012 em Sarasota, Flórida (EUA), aos 87 anos.

Mielite transversa: a doença que hoje está na boca de todos

A mielite transversa é uma inflamação rara que afeta toda a extensão da medula espinhal, por isso é caracterizada como transversa. Conseqüentemente,...
Y conocerán la verdad, y la verdad los hará libres.